Dica do Professor 18 – Perspectiva e figura humana

Mais uma Dica do Professor! Perspectiva é uma ferramenta aplicada ao desenho para simular profundidade em um plano bidimensional, através da distorção “calculada” de linhas convergentes em um ou mais pontos (pontos de fuga).

Hoje, trataremos de perspectiva aplicada em figuras humanas, usada como ferramenta narrativa de uma ilustração. O grande Octavio Cariello, traz tudo isso ao debate em uma ilustração para Robin Hood, veja:

Ilustração para Robin Hood Octavio Cariello

Ilustração para Robin Hood
Octavio Cariello

A ilustração mostra o personagem preso de ponta cabeça, em uma armadilha. Podemos ver abaixo dele um grupo de personagens, no chão. Dessa forma temos a visão de cima para baixo, também conhecida como plongée. Assim, para dispor corretamente o grupo de pessoas ao fundo da cena, precisamos considerar o tamanho de seus corpos, o ângulo de visão e a profundidade que se quer representar. Observe o quadro:

arte_02_

Aplicações de perspectiva em representações visuais são tão antigas quanto a própria necessidade de representar algo visualmente. A partir do momento em que se sobrepõe uma figura a outra, ou se diminui o tamanho de uma figura em relação à outra, está representada a profundidade em um plano.

Na arte ocidental, a estruturação deste conhecimento se iniciou com mais destaque no Renascimento, quando a representação ilusionista (que simula volume, luz, textura e profundidade em um plano bidimensional) começou a forrar telas e afrescos por toda a Europa. Observe a pintura a seguir:

Afresco Andrea Mantegna (1430-1506)

Afresco
Andrea Mantegna (1430-1506)

Afrescos como este foram pintados nos tetos das igrejas e harmonizavam o desenho das estruturas arquitetônicas e dos corpos das figuras através da perspectiva. Assim, criava-se a ilusão de que o teto da própria igreja abria-se ao céu e aos anjos.

Atualmente são muito populares as imagens de arte urbana que aplicam distorções e perspectiva, mostrando profundidade onde não há, por exemplo, ao pintar uma queda d’água no asfalto de uma avenida.

Não se esqueça, perspectiva é uma ferramenta, utilize, fique atento para como enxergamos o mundo à nossa volta e como os artistas o representam.

Abraços e até a nossa próxima dica! Acompanhe toda semana no Facebook e na Página Oficial do Blog!

Vitor Gorino.

No dia 09 de Abril (qua), a Pandora trará o Curso de Perspectiva com o mestre Octavio Cariello.

Se você quer aperfeiçoar seu desenho, adquirir mais bagagem cultural, conhecer melhor a Pandora e estudar com um dos grandes nomes da ilustração no Brasil, se informe, entre em contato e reserve a sua vaga através do 19 3234.4443 ou atendimento@pandora.art.br.

 

 

...Shares
Esta entrada foi publicada em Dica do Professor e marcada com a tag , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta