Entendeu ou quer que eu desenhe?

Sabe aquelas tirinhas que além de super bem feitas e fofas fazem a gente repensar  nossos conceitos? É exatamente isso que uma de nossas alunas faz!

Estou falando da Carolina Ferreira, a Kerol, que consegue quebrar tabus com sua arte, sem deixar de fofa <3! Ela entrou na Pandora fazendo História em Quadrinhos com o Mario Cau, e atualmente faz Arte Digital com o Jânio Garcia.

Kerol, fale um pouco sobre as suas tirinhas, vi que várias delas tem uma pegada mais feminista ou com abordagens sociais, como começou?

Comecei fazendo tirinhas de maneira bem despretensiosa, sobre coisas bobas do meu dia a dia e depois criei minha página “Arte de Kerol” para compartilhar alguns desenhos com meus amigos e colegas.

Fiz uma ou outra tirinha sobre feminismo e outros temas sociais e deram uma repercussão legal e acabei dando continuidade. Particularmente é um assunto que eu gosto muito de debater, eu sempre quis compartilhar meu aprendizado sobre esse tema com meus amigos, familiares, e até mesmo pessoas que não conheço, foi então que descobri que posso fazer isso através dos meus desenhos.

Sempre adorei tirinhas e histórias em quadrinhos, mas nunca me vi trabalhando com isso. Hoje é o que eu mais gosto de fazer!


Você acredita que o desenho  ajuda as pessoas a refletirem e terem mais consciência sobre as questões dos direitos das mulheres, e do direito de escolha de maneira geral?

Sim, com certeza, e é isso que eu quero fazer: gerar reflexões. A arte é capaz de transformar o mundo!

Vi que a sua tirinha falando sobre a depilação causou o maior alvoroço! Você tinha ideia de que as pessoas fossem se incomodar tanto com uma tirinha sua?

Eu imaginei que algumas pessoas fossem gostar por conta do tema, mas não imaginei que fosse alcançar tantas pessoas como aconteceu! Cheguei a receber algumas mensagens de ódio, o que me deixou bem assustada e chateada, mas em compensação, recebi muito mais mensagens de carinho e motivação.

Qual é o seu objetivo com as tirinhas?

A expressão “entendeu ou quer que eu desenhe?” descreve muito bem meu objetivo como desenhista: quero quebrar tabus, desconstruir pré-conceitos e fazer com que as pessoas vejam as coisas através de um outro ponto de vista.

Como você lida com as críticas?

Críticas construtivas são sempre muito bem vindas. Agora, ódio gratuito eu costumo responder com ironia, sarcasmo, e se possível, apontar a contradição hipócrita. Ah, e sempre termino respondendo com um coraçãozinho no final. ♥  rs


Quais artistas te influenciam?

Começando pelos meus queridíssimos mestres Jânio Garcia e Mario Cau! Tive algumas palestras e um curso básico com o Caio Yo também. Atualmente estou viciada nos desenhos dos brasileiros Júlio César e Gabriel Soares. Também me inspiro muito nas artes do Jamie Hewlett, desenhista oficial da banda Gorillaz. Na verdade minha lista de inspirações é gigante, então citei minhas atuais influências. rs

Além das tirinhas a Kerol também faz ilustrações e ama cavalos! Para ver mais artes da Kerol acesse o tumblr: Arte de Kerol e a  fan page clicando aqui 🙂

Juliana Romão

 

...Shares
Publicado em Noticias | Com a tag , , , , , | Deixar um comentário

Lançamento do livro “O Príncipe Que Queria Ser Carro”

A Pandora e o Centro Infantil Boldrini já tem uma parceria de longa data.  Há 10 anos iniciamos o primeiro projeto juntos, o livro “Juliana Pra lá de Bacana”, realizado pela fundação Educar e ilustrado pela Pandora, e à partir daí passamos a estar juntos  de forma beneficente em todos os grandes eventos tanto da Pandora e do Boldrini, como em Festas Juninas, Mc Dia Feliz, Dia das Crianças, Natal entre outros.

Em 2015 surgiu a oportunidade de realizar, através da Lei Rouanet, o projeto Histórias Contadas, onde as próprias crianças e adolescentes são convidados a participar e desenvolvem as histórias junto com a contadora de histórias e fazem as ilustrações sob a orientação dos professores de arte da Pandora em oficinas que são realizadas no espaço Ludoteca, no Boldrini durante dois meses.

Durante o lançamento, a presidente do Boldrini Silvia Brandalise, agradeceu a iniciativa do projeto e destacou o quanto é intrigante acompanhar o processo criativo das crianças.

“Ela traz sempre a esperança em cada uma de suas ações no cotidiano. Agradeço muito a Pandora e a Fábula por ajudar na construção dessas histórias que permitem que elas falem sobre si mesmas, sobre o impacto que elas estão enfrentando no momento atual. E o interessante é que a criança não olha para doença, mas sim para aquilo que traz esperança”, declarou.


A coordenadora pedagógica Luciana Mello, agradeceu a existência do projeto e os envolvidos. “Eles (parceiros) enxergaram no espaço do hospital um ambiente de esperança, de vida. A criatividade das crianças foi apertada no turbo, tanto na construção da história quanto nas ilustrações”.

Para Ricardo Quintana, da Escola de Artes Pandora, é extremamente gratificante trabalhar no Boldrini, já que o espaço emana energias positivas. “Cada vez que venho aqui, saio renovado. Esse livro que estamos lançando hoje eu posso dizer que é o meu favorito. Que possamos estar mais vezes aqui porque as crianças se divertem, nós nos divertimos e tudo isso nos proporcionam momentos incríveis”, finaliza.

Em 2015 tivemos o lançamento do primeiro livro “Histórias que Voam” que contou com a participação de 27 crianças e trata sobre a alegria de voltar para casa após um longo período de tratamento.

No dia 28 de abril deste ano, aconteceu o lançamento do segundo livro “ O Príncipe que queria ser Carro” a história fala de um príncipe que podia se transformar em sapo e voltar a ser príncipe a hora que ele quisesse, mas na verdade ele queria era virar carro. Um dia ele encontrou uma fada que disse para ele que, se ele ajudasse uma princesa em apuros, ela concederia esse desejo a ele. O príncipe sai em uma jornada que passa pela dona Pedra, pela dona Batata, pelo Ovo Choco, pela dona Gravata, entre outros personagens, numa aventura sem fim.

O livro foi patrocinado pela Unimed, e a distribuição será gratuita. Interessados podem entrar em contato com o Centro Infantil Boldrini. O projeto continua em junho, com novas oficinas de contação de histórias e ilustração.

Empresas interessadas em participar podem entrar em contato com Ricardo Quintana, pelo e-mail ricardo@escolapandora.com.br ou telefone (19) 9 8135-9133, e Silnia Martins Prado, pelo email snunes@uol.com.br ou telefone (19) 9 9113-4202.

Momento muito fofo

Durante o processo de criação do livro, duas crianças que participaram eram muito novinhas e não sabiam escrever, então não teriam como autografarem o livro. Mas elas não desistiram, treinaram durante 15 dias como escrever o próprio nome e conseguiram dar autógrafos! Muito emocionante 🙂


O livro foi assunto em diversas mídias, para acompanhar a entrevista para CBN do Ricardo Quintana, sócio da Pandora, acesse: Entrevista_CBN

Outras mídias:  Portal de notícias G1, Correio Popular

...Shares
Publicado em Noticias | Com a tag , , , , , , , | Deixar um comentário

Brighter Than You Think de Alan Moore

Alan Moore é um escritor inglês que é conhecido principalmente por seus trabalhos em quadrinhos americanos. Ele é o autor de Watchmen, V de Vingança, Do Inferno e Liga Extraordinária, pra citar os que viraram filmes, e ganhador de 9 prêmios Eisner, considerado o mais importante prêmio das HQ’s americanas.

A coleção de histórias Brighter than You Think cobre a carreira do escritor de 1986 a 2003 com a apresentação de 10 histórias curtas sobre os mais variados temas e publicada nas mais variadas editoras, acompanhadas de ensaios de Marc Sobel que apresentam explicações sobre os temas e momentos de publicação de cada uma delas.

Um dos primeiros destaques é a republicação de  In Pictopia, considerada pelo Comics Journal uma das 100 melhores histórias em quadrinhos do século 20. A arte é de Don Simpson. A história de 1986 saiu numa coletânea da editora Fantagraphics chamada Anything Goes. In Pictopia trata das consequencias de histórias como Watchmen para os quadrinhos em geral e faz uma previsão bastante correta do que aconteceria se todos os heróis fossem tratados com seriedade e tivessem histórias sombrias e violentas.

 

Outro destaque é The Mirror of Love , inicialmente um poema em defesa do amor de pessoas do mesmo sexo criado para combater uma lei britânica considerada homofóbica chamada Section 28. Transformado em quadrinho por Stephen Bissette e Rick Veitch em 1988 foi redesenhada e expandida com ensaios e outras ilustrações em 2004 por José Villarrubia.

 

Existem outras histórias fantásticas no volume como “The Bowing Machine“, mas deve-se dar destaque para a história final do volume, “Brighter than you Think“.

O quadrinho desenhado pela esposa de Moore, Melinda Gebbie ,conta a história de Jack “Marvel ” Parsons,  um cientista de foguetes criador do combustível sólido que possibilitou a viagem espacial.

Parsons faleceu em uma explosão em casa com 37 anos. A história de Moore centra nas atividades extra-curriculares de Parsons como seu envolvimento com Aleister Crowley e a versão americana da organização O.T.O. que são de grande interesse para Moore.

Para o leitor de quadrinhos que sonha em escrever suas próprias histórias é interessante ver a evolução de um dos mais aclamados e conhecidos escritores da mídia. Para quem tem interesse em história em geral os ensaios ao fim de cada história fornecem informações sobre o momento político e social que influiu na escrita. Para quem sonha em trabalhar para uma grande editora o livro possui uma série de avisos e lições que Moore aprendeu para que não seja preciso repetí-las.

 

 

...Shares
Publicado em Noticias | Deixar um comentário

Mensur

Mensur é a terceira graphic novel de Rafael Coutinho .O escritor, editor e desenhista de quadrinhos acha cada vez mais sua voz e seu estilo ficando dificil até reconhecer o desenhista de Cachalote , sua primeira graphic novel, (escrita por Daniel Galera).

A história de Mensur não é linear e segue temas de mistério e suspense dignos de Agatha Christie. A trama deve ser uma surpresa para o leitor e falar sobre ela só estragaria… Vale só dizer que Mensur é uma modalidade de esgrima real do século XVI que visava apenas o rosto do oponente.

 

Mensur foi publicado pela Companhia das Letras e é quadrinho nacional de grande qualidade.

 

...Shares
Publicado em Noticias | Deixar um comentário

Leituras e Releituras na Pandora

Quem chegar na Pandora vai ver que tem envelopes carimbados pendurados no teto e na escada. O que será isso?

Os envelopes fazem parte da atividade “Leituras e Releituras” para comemorar o Dia do Desenhista que é dia 15 de abril, aniversário de nascimento de Leonardo da Vinci (15 de abril de 1452).

Funciona assim:

1. Pegue um envelope, destes que estão espalhados pela casa

2. Abra-o! Você vai encontrar um print de uma obra de arte + um papel em
branco

3. Use este papel em branco para fazer a sua releitura desta imagem. É a
sua versão! Use a imagem apenas como referência e inspiração!

4. Tire uma foto da sua releitura e publique no Facebook e no Instagram
com as hashtags #SemanaDoDesenhista , #escolapandora e #ArteSe

5. Se quiser, pendure no nosso varal de trocas e pegue uma outra releitura
pra você!

Ao longo da história os artistas sempre fizeram releituras de obras, alguns até de maneira obssessiva como Picasso com o quadro “As Meninas”, de Velazquéz.

As Meninas – Diego Velazquéz

 

Pablo Picasso ía até o Museu do Prado para estudar o quadro e chegou a fazer 44 releituras finalizadas e centenas de desenhos baseados nele.

Releituras de “As Meninas”, por Picasso

Releituras de “As Meninas”, por Picasso

Van Gogh inspirou se na arte de Jean F. Millet e fez mais de 10 releituras de suas obras. Ele dizia que “sempre se aprende e se encontra consolo e companhia na obra de outro (autor)”.

Releituras de Van Gogh das obras de Jean F. Millet

  

 Já pegou seu envelope? Participem!!

Fonte:http: Louborghetti

...Shares
Publicado em Eventos, Homenagem, Noticias | Com a tag , , , | Deixar um comentário

Galeria do Aluno

Esta semana quem vai para a Galeria do aluno, é o criativo e talentoso Eduardo Soldatti! Aluno de Ilustração do professor Marcelo Toni.

...Shares
Publicado em Noticias | Deixar um comentário

Como usar as cores em suas ilustrações?

Início dia 4/4 (Ter), das 19h às 21h

O curso vai abordar as técnicas mais utilizadas por artistas clássicos, ilustradores e diretores de cinema para usar as cores com eficiência em seus trabalhos. Indicado tanto para iniciantes bem como alunos avançados.

Professores: Filipe Masiero e Caio Yo

Aula 1: Teoria da Cor (demonstração digital e tradicional)
Aula 2: Criando Paletas de Cores
Aula 3: Composição e Narrativa com Cores
Aula 4: Perspectiva Cromática e Atmosfera

Material: Para os exercícios em casa e durante as aulas, é necessário que o aluno traga lápis-de-cor (um conjunto de 12 cores basta).

Carga horaria: 8 horas (4 aulas de 2h – aulas semanais, às terças).

Dias: 04, 11, 18 e 25 de abril.

Valor: R$ 300,00*
Matrícula: Isento.

* Consulte o desconto especial para alunos ativos, ex- alunos e escolas parceiras.

Reservas: http://migre.me/wksye

 

...Shares
Publicado em Cursos | Com a tag , | Deixar um comentário